CineSesc Glória Setembro

Histórias das três Américas

De 01 a 22/09 de setembro
A ideia desta mostra caminha na direção de revisitar a história por meio do cinema, com a preocupação de delimitar outras visões acerca dos fatos tidos como inquestionáveis pelos historiadores mais tradicionais.
Assim, rever a história das três Américas é ressaltar a luta dos negros norte-americanos sob um prisma da representação, tendo em vista também um pouco do nosso próprio passado. Que tal refletir sobre as guerras tidas como heroicas na América do Sul, como a do Paraguai? E repensar a nossa Inconfidência a partir do olhar do próprio decapitado e mártir Tiradentes? Mas vamos fazer isso sem deixar de vê-lo como um homem de seu tempo, repleto de limitações? Foram selecionados filmes fundamentais aos interessados em nossa memória coletiva.
Daí ser decisivo provocar uma discussão, por intermédio do cinema, que englobe esse terreno tão complexo e minado chamado continente americano.

 

EU NÃO SOU SEU NEGRO, de Raoul Peck. Clas: 12 anos

Estados Unidos, 2016, 94`.

O escritor James Baldwin escreveu uma carta para seu agente sobre o seu mais recente projeto: terminar o livro Remember This House, que relata vida e morte de alguns dos amigos do escritor, como Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King Junior. Com sua morte, em 1987, o manuscrito inacabado foi confiado ao diretor Raoul Peck.

Em cartaz: 29/08, 03, 10, 17, 21/09 e 01/10, às 18h20. Entrada franca.

 

GUERRA DO PARAGUAY, de Luiz Rosemberg Filho. Clas: 16 anos.

Brasil, 2015, 80`.

Em uma metáfora poética sobre uma guerra sangrenta, um fato inesperado se torna real: o encontro do passado com o presente, da barbárie com a arte. Um soldado vindo da Guerra do Paraguai encontra uma trupe de teatro dos dias de hoje.

Em cartaz: 04, 11, 18, 22/09 e 02/10, às 18h20.

 

OS ÚLTIMOS DIAS EM HAVANA, de Fernando Perez.  Clas: 16 anos.

Cuba, 2016, 93`.

Havana, Cuba. Miguel (Patricio Wood) tem 45 anos e passa seus dias sonhando em finalmente conseguir o visto necessário para morar nos Estados Unidos. Ele trabalha como lavador de pratos e vive com outro homem, Diego (Jorge Martínez), portador de HIV e com quem tem uma ligação muito forte. Diego vê em Miguel uma base para permanecer de pé, mas a relação dos dois é abalada quando Miguel recebe uma carta da embaixada norte-americana.
Em cartaz: 31/08, 05, 12, 14 e 19/09, às 18h20. Entrada franca.

 

JOAQUIM, de Marcelo Gomes. Clas: 16 anos.

Brasil, Portugal, 2016, 97, Cor.

A história dos acontecimentos e fatos que levaram Joaquim José da Silva Xavier, um dentista comum de Minas Gerais, a se tornar mais conhecido pela alcunha de Tiradentes, transformando-se em um importante herói nacional e mártir que veio a liderar o levante popular conhecido como Inconfidência Mineira.
Em cartaz: 01, 06, 13, 15 e 20/09, às 18h20.

Entrada franca.

 

ESTREIAS:

BACURAU, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Clas: 16 anos

Brasil, 2019, 132’, Cor.

Elenco: Sônia Braga, Udo Kier, Bárbara Colen, Thomás Aquino, Silvero Pereira, Karine Teles.

Num futuro próximo, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

Em cartaz: 29, 30 e 31/08, 01, 03, 04, 05, 06, 10 e 11/09, às 15h e 18h30.

Ingressos: R$ 6 (inteira), R$ 3,60 (comerciantes e conveniados), R$ 3 (meia e comerciários).

Trailer: youtu.be/1DPdE1MBcQc

Vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cannes
Vencedor de Melhor Filme da Competição Internacional Cinemasters no Festival de Munique

 

O CORPO É NOSSO!, de Theresa Jessouroun. Clas: 14 anos.

Brasil, 2019, 85’, Cor.

É um documentário sobre a trajetória da liberação do corpo da mulher brasileira ressaltando as diferenças desta trajetória para as mulheres brancas e negras. O filme apresenta entrevistas, imagens de arquivo que ilustram alguns dos fatores que contribuíram para esta liberação no Brasil – como a música, a dança, a moda e a pílula anticoncepcional – e propõe uma discussão sobre o feminismo através da desconstrução do masculino. O filme incorpora cenas ficcionais onde os homens não se dão conta de seus comportamentos machistas e racistas e plenos de preconceitos de classe, enraizados e aceitos pela sociedade.

Em cartaz: 12, 13, 14, 15, 17 e 18/09, às 18h30.

Ingressos: R$ 6 (inteira), R$ 3,60 (comerciantes e conveniados), R$ 3 (meia e comerciários).

 

SESSÕES INFANTIS

HISTORIETAS ASSOMBRADAS, O FILME, de Victor-Hugo Borges.

Animação, Brasil, 2017, 90’, cor. Clas: Livre

Elenco: Charles Emmanuel, Nadia Carvalho, Iara Riça

Aos 12 anos, Pepe mora com sua avó, uma bruxa-empresária e descobre que é adotado. Ao saber que seus pais estão vivos ele parte em uma aventura para encontrá-los. O menino atrai a atenção de Edmundo, um vilão biomecânico que precisa da energia de crianças para se tornar imortal.

Em cartaz: 15 e 21/09, às 14h30. Entrada franca.
Trailer: www.youtube.com/watch?v=psOANeEXX5E

 

O REI LEÃO, de Roger Allers, Rob Minkoff. Clas: Livre

Animação, EUA, 1994, 94’, cor.

Mufasa, o Rei Leão, e a rainha Sarabi apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba. O recém-nascido recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki, mas ao crescer é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono.

Em cartaz: 01, 14, 22/09, às 14h30.

Ingressos: R$ 6 (inteira), R$ 3,60 (comerciantes e conveniados), R$ 3 (meia e comerciários).

Trailer: www.youtube.com/watch?v=qRbjMur9Xjo

 

CINE NOVOS SENTIDOS

Sessões regulares uma vez ao mês voltadas ao público com deficiência visual, auditiva e motora. A proposta é ampliar à inclusão e acesso a todos.

JOAQUIM, de Marcelo Gomes. Clas: 16 anos.

Brasil, Portugal, 2016, 97, Cor.

Com legenda descritiva, áudio-descrição e libras.

A história dos acontecimentos e fatos que levaram Joaquim José da Silva Xavier, um dentista comum de Minas Gerais, a se tornar mais conhecido pela alcunha de Tiradentes, transformando-se em um importante herói nacional e mártir que veio a liderar o levante popular conhecido como Inconfidência Mineira.
Em cartaz: 31/08, às 14h. Entrada franca.

 

26ª Festival de Cinema de Vitória

Mais tradicional evento cinematográfico do Espírito Santo, o Festival de Cinema de Vitória chega a sua 26ª edição entre os dias 24 e 29 de setembro de 2019, e o Centro Cultural Sesc Glória fará parte da programação. Nas salas de exibição do CineSesc Glória e no Teatro Glória estarão em cartaz as mostras competitivas, as sessões especiais e as homenagens que fazem parte do Festival.
Mais informações, você confere em:

www.festivaldevitoria.com.br
facebook.com/festivaldevitoria
instagram.com/festivaldecinemadevitoria

Compartilhar
Evento Detalhes
  • Data do evento
    1 de setembro de 2019
  • Data Final
    30 de setembro de 2019
  • Categorias