Mostra Aldeia Sesc Ilha do Mel começa nesta quarta-feira (15)

A Intervenção urbana “Audiotour Ficcional da Cidade” com Luara Zucolotto e Rizzia Rocha (ES) abrirá a programação da Mostra Aldeia Sesc Ilha do Mel 2019. A 11ª edição da mostra cultural contará com 14 espetáculos locais e dois grupos nacionais convidados e movimentará os palcos dos teatros Glória, Virgínia Tamanini e arredores do Centro Cultural Sesc Glória. Com atrações para todas as idades, a programação contará com apresentações de teatro, circo e dança, além de oficinas de artes, reflexões cênicas dos espetáculos e a “Mostra Ilustrações em Cena”, inspirada na Aldeia Sesc de 2018. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Centro Cultural Sesc Glória a R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia-entrada e comerciários) e R$ 6 (comerciantes e conveniados).

Em mais uma edição, a Aldeia reafirma seu propósito de valorizar o trabalho artístico concebido por artistas e grupos no Estado, além de oferecer oportunidade para que o público conheça, acompanhe e discuta a produção regional voltada para as artes cênicas. Com a oferta de espaços para a difusão de espetáculos e intercâmbio entre os grupos, a Mostra tem conquistado nestes anos outros públicos e assim, novos valores despontaram, contribuindo para que mais produções sejam lançadas.

Consagrada como um importante evento cênico reflexo de uma política voltada para o estímulo à cultura, a Mostra desenvolvida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) convidará o público a assistir a intervenção urbana “Audiotour Ficcional da Cidade” e os espetáculos “A Charanga dos Proscritos”, “Carrilhão: Vende-se coisas velhas de palhaço”, “O Cortiço dos Anjos”, “Desabafo”, “O Acerto de Contas”, “A menina e o pássaro”, “Pedra”, “ A Noite Iuminada”, “7”, “Poison”, “Vírgula”, “Palhaços: Patifes ou Heróis?”, “Moquear – sem receita”, “Era solo que me faltava” e o Musical “Festa”. Todos estes estarão em cartaz em datas e horários definidos, no Centro Cultural Sesc Glória e nas suas proximidades, de acordo com a programação.

Ao reunir espetáculos em formatos diferentes, a Mostra sinaliza que a produção regional é dinâmica e que tem ido além da arte, com apresentações que provocam a reflexão ao abordar temas importantes e em destaque na sociedade, como a violência contra minorias, os desafios, vícios e fraquezas humanas, a vida moderna, a tecnologia, as questões que envolvem a mulher e o negro no país.

Mostra Ilustrações em Cena

A abertura oficial será no dia 23 de maio, às 19h30 e permanecerá em cartaz de 24 de maio a 16 de junho, exceto feriados, no Espaço Expositivo Carlo Crepaz, no 4º pavimento do Centro Cultural Sesc Glória, com visitação gratuita. A Mostra reunirá trabalhos desenvolvidos pelos participantes do Grupo de Estudos em Ilustração durante seu primeiro módulo: “Ilustração, Artes e Design”, coordenado pela ilustradora Lu Bicalho e que teve início no mês de abril com a proposta de desenvolver a narrativa visual e a ilustração editorial. A partir disso, o grupo trabalhou sobre os releases dos espetáculos apresentados na Mostra Aldeia Sesc Ilha do Mel 2018 arquitetando peças editoriais e construindo assim uma narrativa visual com ilustrações diversas.

Intercâmbio

Para estimular o desenvolvimento das produções locais, a Aldeia promoverá a troca de experiências, estímulo à inovação e o despertar de novas vivências a partir do contato com dois grupos de fora do estado. Um dos convidados é do Rio de janeiro, o grupo Nopok com o espetáculo “Carrilhão: Vende-se coisas velhas de palhaço”. Já o outro é a Banda Mirim de São Paulo com o musical “Festa”.

Reflexões Cênicas

Além da apresentação dos espetáculos, a programação da Aldeia conta com as chamadas de Reflexões Cênicas, que consistem em análises dos espetáculos por uma comissão de especialistas da área, seguida de debate com um público específico, formado por artistas, estudantes e interessados no campo em questão.

Neste ano, com o intuito de discutir os espetáculos a partir de temas que foram apresentados pelos próprios trabalhos artísticos, serão propostas três reflexões cênicas temáticas: a primeira para discutirmos sobre a produção de espetáculos para infância e juventude. A segunda abordará o circo, onde acontece no Estado e como está sendo produzido. Já a terceira será a dança com a proposta de analisar e perceber que o dançar pode surgir a partir dos anseios e inquietações de cada artista. Entrada franca.

Oficinas

Nesta edição serão oferecidas três oficinas voltadas para o público que atua nas artes cênicas como bailarinos, coreógrafos, atores, diretores, estudantes, músicos, palhaços e interessados no universo pedagógico infantil. Entre os temas que serão abordados estão: Cortejo Cênico, com Árvore Casa das Artes (ES), a Banda Cênica de Palhaços, com Dori Sant’Ana (ES) e Práticas de criação da Banda Mirim, com Banda Mirim (SP).

Veja mais informações abaixo:

 Oficina Cortejo Cênico, com Árvore Casa das Artes (ES)

18 e 19 de maio, das 9h às 16h

Sala de Dança – Centro Cultural Sesc Glória

Público-alvo: bailarinos, coreógrafos, atores, diretores e estudantes.

de artes cênicas

Inscrição: até 15 de maio.

Vagas: 30

Valor: R$ 12

Link para inscrição: bit.ly/Aldeia_CortejoCenico

 

 Oficina Banda Cênica de Palhaços, com Dori Sant’Ana (ES)

24, 25 e 26 de maio, das 9h às 13h

Arena Acusmática – Centro Cultural Sesc Glória

Público-alvo: palhaços, atores, diretores, músicos e estudantes de artes.

cênicas |

Inscrição: até 18 de maio

Valor: R$ 12

Vagas: 20

Link para inscrição: bit.ly/Aldeia_BandaPalhaços

As inscrições devem ser feitas pelo link de cada oficina ou presencialmente

na recepção do Sesc Glória. O pagamento deve ser realizado em até dois

dias após o preenchimento do formulário na bilheteria do Sesc Glória.

 

Oficina Práticas de criação da Banda Mirim, com Banda Mirim (SP)

26 de maio, domingo, das 10 às 13h, na Sala de Dança do Centro Cultural Sesc Glória.

Público-alvo: arte-educadores, estudantes de artes cênicas, música,

iniciados e interessados no universo pedagógico infantil.

Vagas: 30

Inscrições gratuitas até 20/05 pelo e-mail bbandamirim@gmail.com

 

Desafios do Teatro e da Música para crianças e jovens, com Banda

Mirim (SP) | 25 de maio, das 15h às 18h, na Sala da Palavra.

Público-alvo: grupos de teatro, músicos, artistas e agentes locais dedicados às artes para crianças e jovens.

Vagas: 30

Inscrições gratuitas até 20/05 pelo e-mail bbandamirim@gmail.com

 

Espetáculos e entrada franca

Três apresentações terão entrada franca e são elas: “A Charanga dos Proscritos” do Boyásha Trupe de Teatro (ES); “Era solo que me faltava” do Grupo Lacarta Circo (ES) e o musical “Festa” da Banda Mirim (SP).

 

Compartilhar