Espetáculos “Desastro” e “Kodak” estarão em cartaz nos dias 18 e 19 de julho no Teatro Glória

👨‍🚀🤺🎯🔭Dois espetáculos de dança infanto-juvenil inspirados no filme Star War e outro em histórias em quadrinhos, heróis, monstros fazem parte da programação da próxima semana no Centro Cultural Sesc Glória e são ótimas dicas para as férias. As apresentações serão na quarta-feira (18) e quinta-feira (19), no Teatro Glória. Veja:

Palco Giratório “Desastro”

Neto Machado (BA)

Gênero: Dança infanto-juvenil

18/7, às 19h I Teatro Glória I 50 min I Clas: Livre

Ingressos: R$ 10 (inteira); R$ 5 (meia-entrada e comerciários) e R$ 6 (comerciantes e conveniados).

Desastro brinca com o futuro que fazemos existir nas artimanhas da imaginação capaz de transformar um quarto no universo sideral. “Desastro” tem na trilha sonora o ponto de partida e questão fundamental: versões de uma mesma música de David Bowie, “Space Oddity”, inspiram o roteiro e dão o tom do espetáculo que recria a aventura de Major Tom, da letra da canção, numa viagem para explorar o desconhecido. Efeitos especiais de uma ficção científica protagonizada por superamigos, cúmplices dos poderes de ampliar suas percepções, Desastro é dança, mas não exatamente uma coreografia com passos no ritmo da música. É teatro, mas sem uma história com início, meio e fim. É um concerto de rock’n roll, mas sem banda nem cantor. Desastro é o poder de dar luz a novos mundos.

 

Kodak

Neto Machado (BA)

Gênero: Dança infanto-juvenil

19/7, às 19h I Teatro Glória I 50 min I Clas: Livre

Ingressos: R$ 10 (inteira); R$ 5 (meia-entrada e comerciários) e R$ 6 (comerciantes e conveniados).

Ao abrir espaço nesse espetáculo para inúmeras memórias de sua infância, Neto criou uma obra que coloca o imaginário do “menino” para dançar. Ao invés de vermos dançar a conhecida bailarina cor-de-rosa, quem dança em Kodak são monstros, heróis, ninjas e mangás que, em movimento, se confundem, se distorcem e se modificam. Em Kodak, tudo se ergue e se destrói com a mesma facilidade. Em cada cenário, uma cena é gravada. Tudo é feito e revelado ao mesmo tempo. Nenhuma ilusão é destruída, mas todas são transformadas. Em cena, 100 caixas de arquivo morto coloridas constroem um mundo de plástico onde nada é feito para durar.