CineSesc Glória: 12 curtas e três longas realizados por mulheres estarão em cartaz em março

Em homenagem às mulheres, o CineSesc Glória preparou para março uma programação recheada de ótimas opções de filmes. A partir de quinta-feira (01), 12 curtas e três longas dirigidos por mulheres brasileiras e de outras nacionalidades serão exibidos, nas salas de cinema Marien Calixte e Cariê Lindenberg, no Centro Cultural Sesc Glória. Além da programação regular, uma sessão especial, no dia 10, às 17 horas, será dedicada às produções capixabas seguida de bate-papo com as diretoras. Todas as atrações terão entrada franca.

Entre os longas, duas atrações premiadas em festivais internacionais. O vencedor do Urso de Prata de Melhor Direção no Festival de Berlim, o filme “Body” de Malgorzata Szumowska (Polônia) surpreenderá o público com a trama em torno de um perito criminal, sua filha anoréxica e a terapeuta da garota. Na sequência, “Assim que abro meus olhos”, de Leyla Bouzid (Tunísia, França/ Bélgica) levou o prêmio do público no Venice Days, Festival de Veneza, e conta a história de uma jovem recém-formada em medicina que vive dividida entre o desejo de sua família e o seu amor pela música e pela política. O terceiro longa é “Como Esquecer”, de Malu de Martino (Brasil), que traz o drama de Júlia (Ana Paula Arosio), uma professora de literatura inglesa de 35 anos, que luta para reconstruir sua vida depois de viver uma intensa e duradoura relação amorosa.

Os curtas foram divididos em dois grupos, o primeiro com produções com duração total de 73 minutos e o segundo, 62 minutos. Na telona, o público vai praticamente “dar um giro” pelo país, já que serão exibidas produções sob o comando de diretoras de diversos estados como Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Rondônia, Santa Catarina, Pará e São Paulo.

No dia 10, às 17 horas, a Sessão Especial “Diretoras em Foco” será dedicada a exibições de curtas produzidos no Espírito Santo, seguido de debate com as diretoras Luiza Lubiana e Carol Covre. A ideia é abrir um canal de diálogo e reflexão a respeito da produção cinematográfica realizada por mulheres capixabas.

Sessões Infantis

No mês de março, as sessões infantis estão garantidas nos finais de semana e duas animações farão parte da programação. A primeira é a aventura japonesa “Os serviços de entrega da Kiki”, de Hayao Miyazaki e a segunda, é uma produção brasileira “O grilo feliz e os insetos gigantes”, de Walbercy Ribas e Rafael Ribas.

SERVIÇO:

Programação Especial: Mês da Mulher no Cinema

De 01 a 31 de março

Longas

BODY, de Malgorzata Szumowska

Drama, Polônia, 2015, 90’, Cor, Legendado

Na Polônia dos dias de hoje, um perito criminal, sua filha anoréxica e a terapeuta da garota – que acredita poder  se comunicar com pessoas mortas – têm suas histórias entrelaçadas. Nessa trajetória, defrontam-se três abordagens radicalmente diferentes sobre o corpo e a alma.

Em cartaz: 01, 07, 14, 20, 25 e 31/03, às 18h20

 

ASSIM QUE ABRO MEUS OLHOS, de Leyla Bouzid

Drama, Tunísia/França/Belgica, 2015, 102’, Cor, Legendado

Túnis. Verão de 2010. Poucos meses antes da revolução. Farah tem 18 anos e está recém-formada, mas sua família já a vê como uma futura médica. Ela, no entanto, não pensa da mesma forma e tem como atividade preferida cantar em uma banda de rock engajada, com músicas que abordam temas políticos. Seu único plano no momento é aproveitar a vida intensamente, beber, descobrir amores, e sua própria cidade durante a noite. Tudo isso contra a vontade de sua mãe Hayet, uma mulher que conhece muito bem a Tunísia e os seus perigos.

Em cartaz: 02, 08, 15, 21, 27/03 e 01/04, às 18h20

 

COMO ESQUECER, de Malu de Martino

Drama, Brasil, 2010, 99’, Cor

Júlia (Ana Paula Arosio) é uma professora de literatura inglesa, 35 anos, que luta para reconstruir sua vida depois de viver uma intensa e duradoura relação amorosa. Em meio a uma série de conflitos internes e diante da necessária readaptação para uma nova vida, não disfarça sua dor enquanto narra suas emoções. Ao longo do filme, ela vai encontrando e se relacionando com outras pessoas que também estão vivendo cada uma a seu modo, a experiência de ter perdido algo muito importante em suas vidas. Uma trama instigante que fala de pessoas comuns enfrentando os desafios de superar as dores do passado e a busca por uma nova chance de encontrar a felicidade.

Em cartaz: 03, 09, 16, 22, 28/03 e 03/04, às 18h20

Sessão Especial Diretoras em Foco

 Exibições de curtas produzidos no Espírito Santo, seguido de debate com as diretoras.  A perspectiva deste momento é abrir um canal de diálogo e reflexão a respeito da produção cinematográfica realizada por mulheres.

Em cartaz: 10/03 às 17h.

 

Sessão de Curtas-Metragens 1

Em cartaz: 04, 11, 17, 23, 29/03 e 04/04, às 18h20

73 MIN

FILHOS DA LUA NA TERRA DO SOL, de Danielle Bertolini

2016, Cuiabá – MT, 16 min, Documentário

O filme trata de forma poética a relação entre pessoas albinas e o sol de Cuiabá, considerada uma das cidades mais quentes do Brasil.
CARNAVALHA, de Áurea Maranhão e Ramusyo,2016, São Luís – MA, 16 min, Ficção
Uma jovem é perseguida por um estrangulador em um dia de carnaval.

 

ESTADO ITINERANTE, de Ana Carolina Soares

2016, Belo Horizonte – MG, 25 min, Ficção

Vivi quer escapar de uma relação opressora. Em período de experiência como cobradora de ônibus, ela trabalha desejando não voltar para casa. A semana passa rápido, entre as paradas no ponto final e o itinerário. Os encontros com outras cobradoras fortalecem a mulher trabalhadora e seu desejo de fuga.

 

BANHO DE CAVALO, de Michele Saraiva e Francis Madson

2016, Porto Velho, RO, 6 min, Ficção

Micronarrativas poéticas sobre uma árvore (Castanheira), uma Amazônia, corpos e sujeitos como invenções de determinados pensamentos hiperbolizados da região.

 

Meu Tio Que Me Disse, de Vanusa Angelita Ferlin,

2015, Florianópolis – SC, 10 min

Tatiana é uma menina muito curiosa e está intrigada com o fato de toda a cidade estar eufórica com a data de Natal. Numa manhã de dezembro, sua mãe se depara com a pergunta: Papai Noel existe mesmo?

 Sessão de Curtas-Metragens 2

Em cartaz: 06, 13, 18 e 24/03, às 18h20

62 MIN

A BATALHA DE SÃO BRÁZ, de Adrianna Oliveira

2016, Belém – PA, 26 min, Documentário
Mercado de São Bráz, Belém, Pará, Norte do Brasil. Durante o dia, o espaço é uma feira em um prédio histórico abandonado, construído em uma época de grande riqueza na cidade. Mas nos sábados à noite, o lugar se transforma no palco da Batalha de MC’s.

SOLON, de Clarissa Campolina

2016, Belo Horizonte, MG, 16 min, Ficção

Uma fábula sobre o surgimento do mundo. Solon habita o espaço árido e infértil. Aos poucos, ela se destaca da paisagem, aprende a se movimentar e explorar seu corpo. Verte água por suas extremidades e inicia sua missão de regar e nutrir a terra. Nasce o mundo. Nasce a mulher.

 ORQUESTRA INVISÍVEL LET’S DANCE, de Alice Riff

2016, São Paulo – SP, 20 min, Documentário

A história de Seu Osvaldo, o primeiro DJ do Brasil.

 

SESSÕES INFANTIS

OS SERVIÇOS DE ENTREGA DA KIKI, de Hayao Miyazaki

Animação, Japão. 1989, 102’, Cor, Dublado

Ao completar 13 anos, seguindo a tradição de todas as bruxas, Kiki deve se mudar para uma cidade na qual não haja nenhuma bruxa e passar lá um ano morando sozinha numa espécie de ‘estágio’. Após achar uma bela cidade à beira mar, Kiki e seu gatinho Jiji tentam se adaptar à nova vida.

Em cartaz: 03, 10, 17, 18, 24, 25, 31/03 e 01/04, às 14h30

 

O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES, de Walbercy Ribas e Rafael Ribas

Animação, Brasil, 82’, Cor

É um longa metragem de animação brasileiro, lançado em 9 de janeiro de 2009. O filme foi produzido pela Start Desenhos Animados, com direção de Walbercy Ribas e Rafael Ribas. O filme é a continuação do longa “O Grilo Feliz” lançado em 2001. O Grilo feliz conta a história de um grilo que canta espalhando alegria para seus amigos. Um dia, o Grilo Feliz descobre fósseis gigantes, é onde começam os problemas, os quais serão enfrentados contra a vilã Trambika. Além do Grilo, existe Pétala, a qual o Grilo Feliz se apaixona, e o grupo de sapos rapers, que querem gravar um CD e ganharem fama.

Em cartaz: 04 e 11/03, às 14h30.

 

Related Posts